Consumo e economia de energia elétrica nas residências



Conheça os principais ensinamentos dos especialistas sobre o consumo e principalmente a economia de energia elétrica nas residências.

A energia elétrica é algo que está presente em nosso cotidiano, em que necessitamos dela para realizar diversas atividades, sendo que em muitas delas ignoramos sua presença, a grande preocupação em relação ao alto consumo de energia é quanto à conta no final do mês, e as vezes nem o alto custo cobrado faz com que as pessoas passam a economizá-la. Como existem aqueles que se preocupam com essa questão da economia, aqui trataremos de algumas dicas importantes na hora de utilizar alguns aparelhos que consomem bastante energia, no entanto, será muito útil também para que aqueles que deixam de lado esta questão perceba que pequenas mudanças no hábito diário, pode diminuir muito a conta de energia, além de ajudar o meio ambiente.

Chuveiro

Primeiro o chuveiro, pois é um aparelho de uso diário e que causa muitas dúvidas em relação ao seu gasto, muitas pessoas acreditam que o que diferencia no gasto de energia de um chuveiro é a potência em que ele está conectado, o que na verdade a potência elétrica é a relação direta entre a tensão da rede (220 ou 110 volts) pela corrente elétrica. Ou seja, se o chuveiro elétrico tem 6 mil watts de potência, ele irá consumir a mesma coisa não importando se na tensão de 220 ou 110 volts, é o que disse o  Sr. Jorge Eduardo Schorr ( técnico do Departamento de Utilização de Energia da Copel em entrevista concedida ao Blog do Luis), desligar o chuveiro enquanto ensaboa, diminuir o tempo do banho, e utilizar o chuveiro na posição “verão”,sempre que possível, são algumas dicas de economia, completa.

Ferro de passar

Em relação ao ferro de passar roupa, como muitos não o utiliza diariamente, o seu gasto não chega a assustar, portanto, juntar um grande quantidade de peças para ser passar apenas em uma vez, é uma atitude econômica e racional, pois o processo de aquecimento da resistência do ferro elétrico é gradativo e um pouco demorado, o que consume muita energia.

Consumo de energia eletrica do Chuveiro, geladeira, ferro de passar e outros eletrodomésticos

Geladeira

Outro aparelho que causa grande preocupação em relação ao consumo de energia, é a geladeira, principalmente por ela estar ligada 24h/dia, o Sr. Jorge Eduardo Schorr em entrevista dada disse que  a geladeira responde por parcela significativa do consumo de energia elétrica no lar. O tamanho e o tipo da geladeira exercem influência sobre o consumo do aparelho, e o que para muitas pessoas consideram o fato de abrir e fechar a geladeira aumentar o gasto de energia elétrica é apenas um mito, Schorr completou que as geladeiras possuem um motor que é acionado automaticamente para resfriar a temperatura interna. Um termostato realiza esse trabalho, ligando o motor sempre que a temperatura interna ultrapassar um certo limite (que é ajustado pelo usuário). Assim, quando a porta da geladeira é aberta, o ar interno, mais frio e mais pesado que o ar exterior, escapa e a temperatura interna sobe, fazendo com que o termostato acione o motor. Quanto mais tempo ou mais vezes o motor funcionar, maior será o consumo de eletrici
dade. Então habito do abre/fecha da geladeira precisa ser diminuído para conseguir uma maior economia na energia.

Computador

O computador é atualmente no mundo moderno em que vivemos, um aparelho indispensável para os trabalhos diários, o que torna comum deixá-lo ligado o dia todo, para não ficar ligando e desligando várias vezes ao dia, essa atitude pode causar grande diferença no consumo de energia, pois o computador, considerando somente a CPU, do ponto de vista de consumo de energia, pode ser comparado a uma lâmpada incandescente de 150 watts ou mais, que consome muita energia quando fica ligado por muito tempo.

Lâmpadas fluorescentes e incandescentes

Lâmpadas fluorescentes e incandescentes

Após a inserção das lâmpadas fluorescentes no mercado, apareceram muitas dúvidas sobre qual o grau de diferença sobre o consumo de energia entre uma e outra. As lâmpadas fluorescentes compactas disponíveis no mercado, que se adaptam perfeitamente no lugar das incandescentes comuns, consomem 4 vezes menos energia elétrica, em média, e chegam a durar até 8 vezes mais. A diferença básica é que a lâmpada fluorescente não produz calor (que é o princípio de funcionamento de uma lâmpada de filamento). Por isso, ela é chamada de “luz fria”, o que é também uma dica de mudança e economia.

Ar condicionado

Com o conforto que está sendo exigido por grande parte da população, o ar condicionado está entre os aparelhos mais utilizados no dia a dia, por possuir a capacidade tanto de resfriar quanto de aquecer o ar, este tipo de aparelho contem grande potência e consequentemente consome bastante energia. Para obter desses aparelhos um bom rendimento energético, recomenda-se manter limpos os filtros e dutos e, ao serem utilizados, manter janelas e portas fechadas para que a temperatura desejada seja atingida e mantida com mais facilidade. Procure adquirir seus equipamentos elétricos que possuam a classificação de consumo A, do selo ENCE, e que possuam o selo PROCEL.

TV

Quanto à televisão, temos que são vários os tipos disponíveis no mercado hoje, e cada um possui diferentes quantidade de consumo, mas vale saber que as do tipo LED é a mais econômica do ponto de vista do consumo de energia elétrica por não produzir calor, pois o consumo das Tvs é referente à lâmpada que é utiliza em cada tipo de aparelho, a potência de um aparelho de TV convencional, de tubo, gira em torno de 65 watts – algo comparável a uma lâmpada incandescente de 60 watts.

Aparelhos novos versus antigos

Uma importante questão é sobre os aparelhos antigos e os mais modernos, devido as grandes mudanças tecnológica, conseguiu-se mais possibilidade em criar aparelhos mais econômicos. O Schorr diz que a principal recomendação é prestar muita atenção à potência do aparelho ou equipamento desejado, já que potência e consumo guardam relação direta. Preferir os aparelhos que apresentam o Selo Procel de eficiência energética e tomar cuidado para não superdimensionar necessidades, adquirindo equipamentos grandes demais ou potentes demais para o regime de uso a que serão submetidos.

Perda de energia elétrica

Perda de energia eletríca em residências e nas indústrias

Um fator que pode influenciar muito sobre a economia da energia elétrica, é sempre estar atento ao relógio de força, para certificar se há ou não vazamento de energia, o que pode ser constado estando todos os equipamentos elétricos desconectados da tomada. Feito isso, caso o disco do medidor de consumo continue girando, certamente estará havendo fuga de corrente em algum ponto da rede elétrica interna do domicílio, segundo o que disse o Sr. Jorge Eduardo Schorr, que completa indicando caso isso ocorra, procurar um eletricista confiável para verificar o estado da fiação elétrica interna.

Contudo, concluímos que consumir energia elétrica é algo que não podemos extinguir de nossa rotina diária, mas que podemos controlar esse consumo de maneira a economizar muito, bastando apenas algumas mudanças de habito. Você tem mais alguma dica ou sugestão para consumir energia elétrica economicamente?




Divulgue este artigo:

Uma resposta para “Consumo e economia de energia elétrica nas residências”

  1. mary disse:

    muito obrigado,
    eu curti pra caramba esse site
    agora posso viver consumindo menos….

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.





educacao.cc // 2011-2013 // Deus seja Louvado