Contaminação da água: Causas e consequências



Conheça as formas de contaminação da água, as causas e conseqüências. Veja as classificações das substancias poluente biodegradáveis e persistentes

A contaminação da água é um problema presente em muitos lugares. Devidos ao aumento da escassez da água por estar contaminada e sem possibilidades de consumo para a grande porcentagem dos consumidores de água potável, sendo eles os comerciantes, industrias e consumos domésticos, com a necessidade de abastecer determinados locais onde a contaminação se encontra mais elevada, a solução foi pesquisar as causas de tanta poluição e quais são as consequências derivadas dela.

Causas da contaminação

Falta de tratamento de esgoto é uma das principais causas de contaminação da água.
Falta de tratamento de esgoto é uma das principais causas de contaminação da água.

Em geral nos países em desenvolvimento o maior problema que causa a contaminação é a falta de tratamento para os esgotos domésticos, agrícolas e industriais, incluindo os agrotóxicos, o que deixa a água em total contaminação. Outro fator causador da contaminação é o contato da água com produtos químicos tóxicos e ainda pela presença de microorganismos patogênicos que devido aos tratamentos de esgoto não serem de excelente qualidade resistem e permanecem na água.

Esses produtos e substancias poluente podem ser classificadas de duas maneiras, Biodegradáveis e Persistentes, sendo que a primeira contêm substancia que em determinado tempo ela se decompõe, por exemplo, inseticidas, detergentes, fertilizantes, petróleo, etc; e a segunda, as substancias presentes em sua composição permanecem por um prazo indeterminado. No Brasil, 47,8% dos municípios não têm esgoto, o que afeta diretamente a qualidade das águas de rios, mares e lagoas das cidades brasileiras (segundo relatório do IBGE, 2000).

A poluição de rios e lagos causadas por esgotos, agrotóxicos e poluentes lançado no leito dos rios
A poluição de rios e lagos por esgotos domésticos, indústrias, agrotóxicos e outros poluientes

Consequências da água contaminada

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 80% das doenças que ocorrem nos países em desenvolvimento são ocasionados pela contaminação da água, e que a cada ano, 15 milhões de crianças de zero a cinco anos de idade morrem direta ou indiretamente pela falta ou deficiência dos sistemas de abastecimento de águas e esgotos. Ainda hoje, no Brasil, 55,5% da população não são atendidos por rede de esgoto, sendo 48,9% da área urbana e 84,2% da área rural (segundo relatório IBGE, 2000). No Brasil, 47,8% dos municípios não têm esgoto, o que afeta diretamente a qualidade das águas de rios, mares e lagoas das cidades brasileiras (segundo relatório do IBGE, 2000).

Esse grande número de águas contaminadas ocasionam graves problemas de saúde, como já mencionado, doenças como, por exemplo, as causadas por bactérias, vírus, vermes e protozoários como amebíase, febre tifóide, giardíase, hepatite tipo C e outras.

Para o Sistema de Controle Ambiental, poluir é lançar substâncias em quantidade acima da capacidade de autodepuração ou dispersão do meio, ou de qualidade que não possa ser absorvida pela natureza.

Fonte útil:
http://www.thalamus.org.br/zeko/dpv/agua_6.html




Divulgue este artigo:

3 respostas para “Contaminação da água: Causas e consequências”

  1. ketilin disse:

    vamos pedir a todos para cuidar da agua en
    quanto temos

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.





educacao.cc // 2011-2013 // Deus seja Louvado