Energia Elétrica no Brasil e o Ministério de Minas e Energia



Conheça as informações e dados estatísticos da energia elétrica no Brasil e o papel do Ministério de Minas e Energia no controle energético do país.

O Brasil possui diversas fontes energéticas, o que favorece para a produção e o consumo de energia elétrica do país. Porém mesmo possuindo todos esses fatores favoráveis, é necessário que se tenha um controle, contendo regras, leis e normas, em que toda essas fontes energéticas sejam bem aproveitadas e não causem danos à saúde e ao ambiente. Por isso viu-se a necessidade da criação de um ministério que ficasse responsável por questões como estas, e então o Ministério de Minas e Energia – MME foi criado.

Após ser criado no ano 1960,  o MME ficou responsável pelos assuntos que competiam ao Ministério da Agricultura, e somente em 2003 passou a ser responsável pelo assuntos ligados as áreas de geologia, recursos minerais energéticos, criando projetos e soluções que atendesse ao aproveitamento de todos os tipos de energia, sendo hidráulica, mineração e metalúrgica, também pelo petróleo, combustível e energia elétrica.

O MME, em relação as fontes energéticas, tem como papel fundamental executar ações e projetos que atendem os investimentos em energia elétrica, combustíveis minerais, eficiência energética e biocombustíveis, com um gerenciamento eficaz, é possível se calcular  as quantias investidas para manter e expandir o petróleo e o gás natural, além da geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, e saber se traz benefícios ou não, além de fazer relações internacionais, visando obter melhorias e progressos.

Levando em consideração a quantidade de produção de energia elétrica no Brasil, chega a cerca de 403.000 Gwh ficando em 9º em maior produtor do mundo, de acordo com dados de 2005 da Agência Internacional de Energia (IEA, 2007), destaca ainda que esse valor cresceu 20% em 2 anos, passando para 484.520 Gwh.

Vivemos em um país que possui diversas fontes energéticas, como já mencionado, dados indicam que até em 1980, mais de 90% da energia elétrica do país provinha de usinas hidrelétricas brasileiras, no ano de 2008 já com a construção de termelétricas que eram movidas por gás natural e biomassa, esse valor caiu para cerca de 70%, já em 2010 o Brasil abrigava por volta de 2.240 usinas produzindo energia elétrica, sendo 852 eram hidrelétricas de diversos tamanhos e 1.341 térmicas movidas a gás natural, biomassa e óleo diesel, ainda duas usinas nucleares e 45 eólicas ( dados contidos no Guia do Estudante, 2011, p. 105), com esses dados é possível identificar a crescente mudança de formas de se gerar energia elétrica e de se pensar quais delas é favorável a nós e ao nosso pais, o Ministério de Minas e Energia também se responsabiliza por isso.

No gráfico a seguir está algumas das fontes energéticas das quais utilizamos.

Gráfico com as fontes de energias no Brasil

Fonte: MME – BEN 2006

Fontes úteis:
http://www.cgu.gov.br/Publicacoes/PrestacaoContasPresidente/2010/Arquivos/5.1.15.pdf
http://www.mme.gov.br/mme




Divulgue este artigo:

Uma resposta para “Energia Elétrica no Brasil e o Ministério de Minas e Energia”

  1. giseli disse:

    Quanto é a porcentagem do outras fontes renováveis ?

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.





educacao.cc // 2011-2013 // Deus seja Louvado