Siglas de bancos e economia



Conheça as principais siglas usadas na economia e nos bancos no Brasil. Entenda o que significa cada sigla e um breve comentário sobre ela. Leia o artigo a seguir.

Seja no toticiário da TV, jornais, internet ou outro qualquer, quando o assunto é economia, logo aparece as famosas siglas. Copon, Selic, BC, CVM, IOF, entre outros. No cotidiano bancário também é comum encontrarmos muitas siglas, como o CCF, PJ e PF, HSBC, entre outros. Veremos abaixo as principais siglas e seus significados.

FMI – Fundo Monetário Internacional. Órgão que reúne países e instituições financeiras de todo o mundo e opera na cooperação monetária entre seus membros.

BC ou BACEN – Banco Central do Brasil. Principal banco no Brasil. Ele não tem operações comerciais como os demais bancos, mas atua como regulador da moeda, garantir a estabilidade do sistema financeiro como um todo, entre outros.

BB – Sigla de Banco do Brasil.

Bradesco – Banco Brasileiro de Descontos é o nome usado há muito tempo atrás pelo Bradesco.

Caixa – Antigamente eles usavam o nome completo que é Caixa Econômica Federal. Atualmente apenas Caixa.

HSBC – Hong Kong and Shanghai Banking Corporation. Algo como corporação bancária de Hong Kong e Xangai.

Itaú, Santander, Safra e outros não são siglas.

BM&FBovespa – É a sigla da junção das duas principais bolsas do Brasil, a Bovespa – Bolsa de Valores de São Paulo com a BMF  – bolsa de Marcadorias e Futuros.

CVM – Comissão de Valores Mobiliários. Órgão responsável pela fiscalização, acompanhamento e outras ações do mercado de ações e empresas relacionadas.

Copom – Comitê de Políticas Monetárias. Responsável pelas políticas de juros como a taxa Selic.

Selic – Sistema Especial de Liquidação e de Custódia. É a chamada taxa básica de juros, usada como referência para títulos federais e uma espécie de norteador de juros no país.

IOF – Imposto sobre Operações Financeiras. Imposto com incidência em operações de crédito, câmbio e seguro ou relativas a títulos ou valores mobiliários (mercado de ações).

CPMF – Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira. Imposto que tinha incidência sobre movimentações financeiras. Ficou conhecido como o imposto da saúde, pois seus recursos eram destinados à saúde. Foi extinto.

IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física. É o famoso imposto de renda que pessoas físicas precisam pagar anualmente.

IRRF – Imposto Sobre a Renda Retido na Fonte. Imposto de renda que é descontado da folha de pagamento ou outros rendimentos no ato do recebimento.

CCF – Cadastro de Cheques sem Fundos. É uma lista negra do Banco Central onde são cadastrados os CPF´s das pessoas que emitem cheques sem fundos.

PJ – Pessoa Jurídica. Referência a empresas.

PF – Pessoa física. Referência a indivíduos.

CDB – Certificado de Depósitos Bancários. É um tipo de investimento onde de certa forma você financia o banco e no final o banco paga o valor com juros.

RDB – Recibo de Depósitos Bancários. Similar ao anterior.

ON – Ações ordinárias. Tipo de ações negociadas em bolsa de valores que dão ao comprador, além dos lucros na empresa, o direito a voto

PN – Ações preferenciais. Similar a anterior, mas sem direito a voto.




Divulgue este artigo:

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.





educacao.cc // 2011-2013 // Deus seja Louvado