Relevo do Brasil: Planalto, planícies e bacias hidrográficas



Planícies costeiras e continentais, Bacía Amazônica, do Tocantins, Bacia Platina, entre outras bacias. Conheça as características do relevo brasileiro

Relevo em termos gerais é denominado como o estudo e análise das situaçoes das áreas geográficas encontradras no território brasileiro, em que esse estudo era realizado durante alguns anos segundo a classificação dada pelo geografo Ab’Saber onde determina dois tipos de relevos brasileiros, sendo os planaltos e as planicies, no entando esutdos mais detalhados, levando em consideração as é realizado de acordo com a classificação as descrições geológicas, geomorfológicas, de solo, de hidrografia e também de vegetação contidas no território brasileiro, o professor Jurandyr Ross pode identificar mais um tipo de relevo pertencente ao país, denomindo depressões.

Planalto

Planaltos são superfícies com elevação e aplainadas, marcadas por escarpas, os existentes no Brasil ocupam cerca de 5.000.00 km² da área total do país, em que esse total se espalha por todo o território brasileiro que se dividem e denominam da seguinte forma: Planalto das Guianas, Planalto Brasileiro, Planalto Central, Planalto Meridional, Planalto Nordestino, Planaltos do Leste e do Sudeste e Planalto do Maranhão-Piauí.

E de acordo com o professor Ross os planaltos são divididos em:

  • Planaltos em bacias sedimentares
  • Planaltos em intrusões e coberturas residuais da plataforma
  • Planaltos em núcleos cristalinos arqueados
  • Planaltos dos cinturões orogênicos

Planícies

Planícies costeiras e Planícies continentais

Planicies são superfícies relativamente planas, as planícies cobrem mais de 3.000.000 km² do território brasileiro e distribuim-se por todo o país entre, Planicies Amazônicas, Planícies Litorâneas e Planícies do Pantanal.

E segundo a classificação do professor Ross as planícies encontram divididas em:

  • Planícies costeiras
  • Planícies continentais

Depressões/ Bacias hidrográficas

Depressões classificam-se em:  absoluta e relativa

Depressões classificam-se em:  absoluta e relativa. Absoluta é encontrada sob o nível do mar e a relativa que é encontrada acima do nível do mar. As depressões no Brasil são encontradas da seguinte forma: no Centro-Oeste e no Meio-Norte as depressões sao identificadas pelas chapadas com seus topos horizontais e declividade acentuada nas bordas; na região do Nordeste Oriental ganha destaque as depressões, Sertaneja e do rio São Francisco que sofreram transgressão marinha; já na região Sul e Sudeste do país as depressões são encontradas em grandes desenhos na Serra Geral.

Em relação as bacias hidrgráfica sabe-se que o país é um dos mais ricos em recursos hídricos, sendo aproximadamente 35.000 m³ que se distribuem entre:

  • Bacia amazônica
  • Bacia do Tocantins- Araguaia
  • Bacia Platina ou La Plata
  • Bacia do Pará
  • Bacia do rio Paraguai
  • Bacia do Uruguai
  • Bacia Fluvial do São Francisco

Já para o professor Ross as depressões brasileira são encontradas como:

  • Depressões periféricas
  • Depressões marginais
  • Depressões interplanálticas

Referência: http://pt.wikipedia.org/wiki/Relevo_do_Brasil




Divulgue este artigo:

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.





educacao.cc // 2011-2013 // Deus seja Louvado