Contaminação da água: Causas e consequências

Conheça as formas de contaminação da água, as causas e conseqüências. Veja as classificações das substancias poluente biodegradáveis e persistentes

» Página Inicial

A contaminação da água é um problema presente em muitos lugares. Devido ao aumento da escassez da água por esta estar contaminada e portanto sem possibilidades de consumo.

Os principais consumidores de água são:

Então, com a necessidade de abastecer determinados locais onde a contaminação se encontra mais elevada, a solução foi pesquisar as causas de tanta poluição e quais são as consequências derivadas dela e os modos de combatê-la.

Causas da contaminação

Falta de tratamento de esgoto é uma das principais causas de contaminação da água.

Falta de tratamento de esgoto é uma das principais causas de contaminação da água.

Em geral nos países em desenvolvimento, o que mais gera contaminação é a falta de tratamento dos esgotos domésticos, agrícolas e industriais, incluindo os agrotóxicos, o que culmina na contaminação da água potável disponível.

Outro fator que causa a contaminação é o contato da água com produtos químicos tóxicos. Existe também a contaminação gerada pela presença de micro organismos patogênicos. devido ao tratamento de esgoto não serem adequados.

Classificação dos poluentes

Os produtos e substancias poluentes podem ser classificadas de duas maneiras, Biodegradáveis e Persistentes, sendo que a primeira contêm substancia que em determinado tempo ela se decompõe, por exemplo, inseticidas, detergentes, fertilizantes, petróleo, etc; e a segunda, as substancias presentes em sua composição permanecem por um prazo indeterminado. No Brasil, 47,8% dos municípios não têm esgoto, o que afeta diretamente a qualidade das águas de rios, mares e lagoas das cidades brasileiras (segundo relatório do IBGE, 2000).

A poluição de rios e lagos causadas por esgotos, agrotóxicos e poluentes lançado no leito dos rios

A poluição de rios e lagos por esgotos domésticos, indústrias, agrotóxicos e outros poluientes

Consequências da água contaminada

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 80% das doenças que ocorrem nos países em desenvolvimento são ocasionados pela contaminação da água, e que a cada ano, 15 milhões de crianças de zero a cinco anos de idade morrem direta ou indiretamente pela falta ou deficiência dos sistemas de abastecimento de águas e esgotos. Ainda hoje, no Brasil, 55,5% da população não é atendida por rede de esgoto, sendo 48,9% da área urbana e 84,2% da área rural (segundo relatório IBGE, 2000).

No Brasil, 47,8% dos municípios não têm esgoto, o que afeta diretamente a qualidade das águas de rios, mares e lagoas das cidades brasileiras (segundo relatório do IBGE, 2000).

Esse grande número de águas contaminadas ocasionam graves problemas de saúde, como já mencionado, doenças como, por exemplo, as causadas por bactérias, vírus, vermes e protozoários como amebíase, febre tifóide, giardíase, hepatite tipo C e outras.

Para o Sistema de Controle Ambiental, poluir é lançar substâncias em quantidade acima da capacidade de autodepuração ou dispersão do meio, ou de qualidade que não possa ser absorvida pela natureza.

Tipos de contaminação da água

Poluição sedimentar

Conforme UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), em publicação online¹ a poluição sedimentar da água "Ocorre quando há o acúmulo de partículas em suspensão, tais como do solo e de produtos insolúveis inorgânicos e orgânicos"

A poluição sedimentar se caracteriza pela concentração de lixo, lama, ou detrimentos em geral que se acumulam na água e impedem a entrada de luz na água impedido a sobrevivência de animais e plantas aquáticos. É atualmente o maior poluente das águas conforme apresentação no site da UFSM.

Uma das maneiras de evitar a poluição sedimentar que está ao nosso alcance é não lançar objetos domésticos e lixo na água..

Poluição biológica

A poluição biológica se deve principalmente ao lançamento de esgoto nos rios, lagos e mares. Com o acúmulo de dejetos ocorrem o aumento de micro organismos, como bactérias, vírus e protozoários. Como consequência há o aumento da disseminação de doenças como febre tifoide, cólera, leptospirose, hepatites entre outros; para evitar estas doenças é necessário consumir água tratada.

Poluição térmica

As usinas nucleares e algumas indústrias utilizam a água como forma de refrigerar as turbinas e caldeirões. Ocorre que o lançamento desta água aquecida no meio ambiente, mares ou lagos por exemplo, gera uma mudança no ecossistema pré existente no local, como morte de animais e plantas aquáticos.

Poluição química

Ocorre quando na água estão presentes produtos químicos indesejados que a tornam impróprias para o consumo e inoportuno para a vida marinha.  Segundo material da UFSM, "Entre os principais poluentes químicos estão os fertilizantes agrícolas, [...] Outros poluentes são compostos sintéticos, como plásticos, herbicidas, inseticidas, tintas, detergentes, solventes, remédios e aditivos alimentares.  Há também os derramamentos de petróleo por acidentes de navios." Tais problemas de poluição da água são nocivos para a vida como um todo, gerando doenças, impactos negativos em ecossistemas importantes e muitos problemas associados, como por exemplo disseminação de doenças e morte de planas e animais presentes que vivem na água.

DOENÇAS CAUSADAS POR ÁGUA CONTAMINADA

[caption id="" align="alignnone" width="960"]Formas de infecção da Amebíase Ciclo de contaminação por amebas através da ingestão de água contaminada.[/caption]

Fontes úteis:

¹ https://w3.ufsm.br/zootecnia/images/aula_4_polui%C3%A7%C3%A3o_das_%C3%A1guas_ok.pdf

https://diretoriodeartigos.net/amebiase/

https://prezi.com/jnxopkvuypnt/poluicao-sedimentar/

https://www.thalamus.org.br/zeko/dpv/agua_6.html

https://www.ecycle.com.br/2945-poluicao-da-agua.html

https://brasilescola.uol.com.br/biologia/diferenca-entre-agua-poluida-agua-contaminada.htm


 
Veja também: