História e Evolução da Reciclagem de Lixo no Brasil

Veja as vantagens da reciclagem de lixo para o meio ambiente, as pessoas e todos os seres vivos. Um breve histórico e a evolução da reciclagem de lixo no Brasil.

» Página Inicial

A reciclagem de lixo foi uma das principais soluções encontradas para a diminuição dos impactos que o excesso de lixo que é descartado no meio ambiente causa em todo o planeta, trazendo benefícios, gerando economia e lucros para o meio ambiente. Com a reciclagem as pessoas deixam de estar exposto a tanto poluição, bem com mais oportunidades de trabalho. As empresas economizam com matérias prima, sem contar ainda a eliminação de poluentes.

História da reciclagem no Brasil

No Brasil foram registrados os primeiros vestígios de reciclagem em 1896 quando catadores de lixo tinham ordens para encaminhas garrafas, ferros, folhas e outros materiais para fabricas e locais em que seriam reutilizados. Mas as preocupações em relação aos problemas trazidos pelo lixo excessivo no meio ambiente ganharam força em 1920 devido as aglomerações e divulgações que vinham sendo realizadas por países estrangeiros que realizavam a reciclagem do lixo, em que de instância o interesse era realmente ligado ao rendimento econômico que a reciclagem resultava.

Lixo organizado para a reciclagem em usinas de tratamento e reciclagem

No ano de 1970 o país viu-se mais possibilitado a realizar com maior extensão a reciclagem do lixo, isso se deu devido ao surgimento e criação de novas ferramentas e produtos que facilitavam a realização de cada processo para a reciclagem do lixo, o que inclui o retorno do lixo descartado para as indústrias e fabricas que reutilizam durante a produção de determinados produtos e serviços.

A partir dai surgiram vários projetos e programas de incentivo a reciclagem do lixo procurando conscientizar a população brasileira de como é danoso ao meio ambiente e consequentemente a todos os seres vivos esses descarte excessivo de lixo que é realizado diariamente e que prejudica todo o ecossistema do planeta.

Volume de lixo no Brasil

Volume de lixo produzido no Brasil e o aumento da reciclagem de lixo

Atualmente o país gera por dia por volta de 195 milhões de kg de lixo o que resulta em aproximadamente 55 trilhões de Kg de lixo por ano, valores que corresponde a cerca 1,15 kg de lixo gerado diariamente por cada brasileiro. Por essa análise dá para ver os problemas gerados se todo esse lixo for descartado no meio ambiente, no entanto, o país mostra-se bastante atento a essas questões e realiza a reciclagem de grande parte do lixo. Para se ter uma ideia são 94% de alumínio reciclado; 77% de papelão reciclado; 50% de embalagens Longa Vida recicladas, entre outros que resultam em grandes benefícios para o país, por exemplo, na economia da energia elétrica durante a produção de produtos com matéria-prima reciclada.

Produção de resíduos no Brasil cresceu 29% em 11 anos.

A produção de lixos nas residências brasileiras cresceu 29%entre 2003 e 2014,enquanto a população creesceu apenas 6% nesse período.Também não em linha com o aumento da geração de desperdícios foi o seu tratamento adequado,pois apenas 58,4% do total de 2014 foram parar em aterros regulados.Mais de 41% das 78,6 milhões de toneladas de resíduos  sólçidos gerados no país em 2014 foram despejados em lixeiras e aterros não regulamentados.Segundo a ABRELPAssociação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais que publicou os dados,essas lixeiras são inadequadas e constituem um risco para o meio ambiente e a saúde da população.

Em 2013,a porcentagem de resíduos não tratados adequadamente  foi de 41,7%.Isso significa que mais de 78 milhões de brasileiros,ou 38,5% da população do país,não tem acesso a serviços adequados de tratamento de resíduos e podem despejar seus resíduos em instalações consideradas seguras.Além disso,mas de vinte milhões de pessoas não tem uma coleta de lixo regular nas proximidades.

Por dia o brasileiro médio cria 1,062 kg de lixo.O volume total produzido aumentou 2,9% entre 2003 e 2014,enquanto a coleta dos resíduos melhorou em 3,2%.

A reciclagem também aumentou no Brasil em cerca de 72 pontos percentuais.Em 2010,apenas 57,6 das cidades tinham algumas iniciativas de reciclagem ou coleta seletiva.Em 2014,esse número já estava em 64,8 %.

Referências:

https://www.univesp.ensinosuperior.sp.gov.br/preunivesp/2453/n-meros-de-reciclagem-no-brasil.html

https://www.univesp.ensinosuperior.sp.gov.br/preunivesp/2443/reciclagem-preocupa-o-antiga-problema-novo.html

https://abrelpe.org.br


 
Veja também: