O que é planejamento urbano e quais as cidades planejadas no Brasil

Brasília, Belo Horizonte, Teresina e Palmas no Brasil; Canberra, Washington, a capital dos Estados Unidos; Nova Délhi e outras cidades planejadas no mundo.

» Página Inicial

Tudo o que é planejado mostra melhores resultados. Em questões urbanas e de arquitetura não poderia ser diferente. O planejamento urbano é um processo que visa melhorar aspectos, como a qualidade de vida, em alguma cidade ou vila. Existe todo um processo que analisa questões como: localidade, investimento, crescimento demográfico e industrial.

O planejamento urbano conseguiu criar algumas cidades maravilhosas. Exemplos incluem: Brasília, a capital do Brasil; Belo Horizonte, capital de Minas Gerais; Teresina, capital do Piauí; Palmas, capital do Tocantins; Canberra, a capital da Austrália; Washington, DC, a capital dos Estados Unidos; Nova Délhi, a capital da Índia; Islamabad, a capital do Paquistão; Abuja, a capital da Nigéria; Astana, a capital do Cazaquistão; Naypyidaw, a capital de Myanmar ou Birmânia; Thimphu, a capital do Butão; Kyoto, a antiga capital do Japão; além da cidade de La Plata, capital da província de Buenos Aires, na Argentina.

Para que surjam projetos como dessas cidades é necessário que exista um Plano Diretor, que é um plano criado por um grupo de planejadores/investidores. O plano Diretor deve analisar questões de como a cidade deve ser no futuro e o que será necessário ela possuir como escolas, vias públicas, policiamento, saneamento e transporte público.

O plano diretor se preocupa basicamente em fazer uma cidade que possa proporcionar uma vida mais confortável, segura e principalmente que seja propícia ao crescimento econômico. Para que esses projetos saiam do papel é fundamental que o Governo autorize e dê assistência.

Cidades Planejadas no Brasil

Poder legislativo, formado pelo congresso nacional, assembleias legislativas e câmaras de vereadores

As principais cidades planejadas no Brasil são: Águas de São Pedro (SP); Aracaju, Ariquemes (RO), Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Goiânia, Maringá (PR), Palmas, Salvador e Teresina.

Desenvolvimento desigual de cidades planejadas: Brasília

A cidade de Brasília tomou forma em um terreno relativamente isolado de terra aberta em 1956, tornando-se a capital do Brasil em 1960. A cidade foi planejada por  Lucio Costa, vencedor de uma competição convocada pelo presidente Justino Kubitschek para cumprir 1891 mandato constitucional para mudar a capital do Rio de Janeiro para um local no centro do país.Brasília foi construída de acordo com o planejado, com poucas modificações. Brasília foi projetada para o transporte de automóveis, sem semáforos e poucas calçadas no centro. As avenidas são enormes para evitar engarrafamentos.Como em outras cidades planejadas, Brasília cresceu mais que o previsto. Agora está cercado por cidades menores e assentamentos que fornecem mão-de-obra barata para o capital rico. O crescimento urbano na periferia não seguiu um plano modernista. A maioria dessas áreas residenciais cresceu por especulação imobiliária e construção informal.

O Exemplo de Palmas no Tocantins

Podemos perceber a importância que essas cidades possuem tanto em seus respectivos estados como para o país.  Vejamos um exemplo, a cidade de Palmas, em Tocantins:

Crescimento demográfico

De 1990 até 2010, a população cresceu em mais de 100% de habitantes, segundo informações do IBGE.

Economia

A economia cresceu mais de 6% só em 2007, o que é um número elevado no Brasil, já que o país apresentou crescimento de 3,5%. A Capital de Tocantins representa cerca de 20% do total de riquezas do estado.

Saúde

Segundo informações do IBGE, Palmas possui mais cerca de 150 estabelecimentos de saúde com mais de 300 leitos públicos. A saúde pública traz satisfação de mais de 90% da população. O que é um valor expressivo.

Educação

A cidade já figurou entre as 50 melhores do ranking do ENEM e possui uma taxa de analfabetismo menor que 7%, que também é expressivo se compararmos com a média nacional.

Segurança

A cidade de Palmas registra o menor número de homicídios entre as capitais brasileiras.

Com esses dados acima podemos entender que uma cidade planejada trás imensos benefícios aos cidadãos. A cidade de Palmas é um exemplo perfeito disso, cujo crescimento é expressivo e constante.

Fonte: https://www.ibge.gov.br


 
Veja também: