Tipos de Poluição: Urbana, visual e sonora

Buzinas, som alto, construção civil, excesso de placas e outdoor, esses e outros fatores contribuem para a poluição sonora e visual. Veja Aqui os Tipos de poluição.

» Página Inicial

De acordo com a legislação brasileira (Lei 6.938/81, Art.3, III) é definido como poluição a “degradação da qualidade ambiental...” Ou seja aquilo que prejudica a saúde de uma forma em geral, á segurança e o bem-estar da população, seja direta ou indiretamente, criando condições contrárias as atividades sociais e econômicas e, afetando assim desfavoravelmente a biota humana e ás condições do ambiente na sua totalidade. Existem diversas maneiras de identificarmos à poluição, que na maioria das vezes podem ser encontradas nas seguintes formas: Visual, sonora e que geralmente tem grande concentração nos grandes centros urbanos, consideradas metrópoles ou capitais..

Conhecida como poluição urbana, sabe-se que atualmente cerca de 70% da população está concentrada nos grandes centros urbanos, essa porcentagem só tende a aumentar. Devido a essa grande concentração da população, os centros urbanos estão expostos á vários tipos de poluição: Sonora – Na qual muitas vezes causadas pelas buzinas de carros, sons, propagandas, dentre outras. Visual - Criada por exposições de cartazes, folhetos, etc... E ainda há a poluição atmosférica que é a gerada pelos gases poluentes de veículos, a decomposição de matéria orgânica, que quando descartada de maneira errada e em local impróprio vem a contribuir para a proliferação dessa situação.

Contudo, á poluição urbana pode ser encontrada também em forma de lixo, fumaça, mau cheiro, dejetos e outras formas facilmente identificáveis. Neste artigo iremos focar e abordar duas formas apenas: Visual e sonora.

Poluição visual

Concentrada principalmente em outdoors, cartazes, e diversos outros meios de comunicação, sem que notem o uso exagerado e desnecessário de tanta propaganda

Concentrada principalmente em outdoors, cartazes, pichações, e diversos outros meios de comunicação, empresas e marcas em geral que na busca exagerada por propagandas e marketing á qualquer preço, acabam aumentando o problema da poluição visual, que mesmo sendo pouco conhecida já está sendo bastante prejudicial á população de todas as idades. Podemos citar paredes riscadas muitas vezes por vândalos, ruas cheias de placas de propagandas, “camadas” de cartazes, faixas nos postes, panfletos distribuídos em todos os lugares. Mesmo não causando doenças à saúde, esse tipo de prática não agrega ao meio ambiente, deixando-o sujo e com o tempo poderá chegar a ser inabitável. E além disso a grande preocupação em relação à poluição visual principalmente em vias públicas é o fato de que pode vir a ser um colaborador para acidentes automobilísticos, muitos países abrigam legislações específicas para o controle da sinalização e publicidade em diversas categorias de vias, mas o problema ainda é grande, e precisa ser revisto com cautela e fiscalização em cada cidade.

Poluição sonora

Concentrada principalmente em outdoors, cartazes, e diversos outros meios de comunicação, sem que notem o uso exagerado e desnecessário de tanta propaganda

São vários os fatores responsáveis pela poluição sonora nos fluxos urbanos, podemos citar o barulho como um dos principais fatores, por ser emitido pelos veículos automotores (caminhão, ônibus, carros e motos), e também em construção civil, esses sons são produzidos o tempo todo em grande altura. O que causa tanto problema é que o conjunto de emissores de sons funcionando simultaneamente alcança elevados índices de decibéis, apesar de muitas vezes passar despercebido, podem causar problemas no organismo da população em geral, como neurose, problemas psicológicos e a perda gradativa da audição.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) o limite máximo tolerável para a saúde humana é de 65 decibéis. O efeito sobre a saúde humana dependerá contudo do nível de ruído e do tempo de exposição, por exemplo, uma pessoa que trabalha 8 horas por dia, durante todos os dias, com ruídos do nível de 85 decibéis, após dois anos poderá a vir apresentar problemas auditivos causados pela poluição sonora. Uma forma de amenizar esse tipo de poluição é a utilização de equipamentos de segurança como fones de ouvido, e também a aplicação de tecnologias menos ruidosas ou que abafem os ruídos.

Esse tipo de poluição sonora como já mencionado acima pode causar muitos danos a saúde, principalmente porque as pessoas ás vezes não tem esse conhecimento, e podem ter dificuldade de distinguir essas situações, podemos citar alguns causadores da poluição sonora que são:

Algumas medidas úteis que podem ser adotadas para beneficiar á todos em geral:

Fontes úteis:

https://www.culturamix.com/meio-ambiente/poluicao/poluicao-carros

https://jus.com.br/revista/texto/5261/poluicao-sonora-como-crime-ambiental

https://tma-ar.vilabol.uol.com.br/polui.htm


 
Veja também: