Tratamento da água da piscina, Purificação e Fossa Séptica

Processos de Purificação, Fossa Séptica e tratamento da água da piscina. Veja os passos para cada processo de tratamento.

» Página Inicial

Tratamento da água da piscina, qual a importância?

A água de piscina deve ser corretamente tratada principalmente quando crianças tomam banho e em casos de áreas compartilhadas, os riscos de uma água incorretamente tratada são muitos e incluem: disseminação de doenças de pele como micoses, conjuntivite e até mesmo leptospirose e hepatite A.

São três passos:

1º Passo:

Somente a desinfecção com cloro pode garantir que água fique saudável e sem riscos para os banhistas. Com relação a quantidade de cloro necessário para garantir a desinfecção a Genco¹ recomenda que seja feita um tratamento semanal.

*Atenção rol meramente exemplificativo, verifique as especificações de cada fabricante.

2º Passo:

Analisar o pH (Potencial hidrogênico) da água e a alcalinidade total (Quantidade de bicarbonatos na água). Realize a limpeza da  borda da piscina, usando uma esponja umedecida com HTH limpa bordas.

3ºPasso:

Acionar a filtração diariamente de 6 a 8 horas seguindo as instruções do fabricante e o dimensionamento do seu filtro.

[caption id="attachment_400" align="aligncenter" width="630"]água tratada nas piscina. Qualidade da água da piscina Água em bom estado para consumo[/caption]

A empresa Gengo disponibiliza na internet um guia completo e prático para o tratamento de água em piscinas, clique aqui e veja mais.

Purificação

Purificar a água antes de ingerir é questão de saúde e sobrevivência, uma água mal tratada pode levar a diversas doenças perigosas como: amebíase ou disenteria amebiana, cólera, hepatite A, febre tifoide, giardíase, leptospirose e ascaridíase ou lombriga. Logo fica fácil perceber a importância de consumir apenas água bem tratada, saudável e recomendada para consumo. Uma das maneiras de garantir a qualidade da água é a purificação da mesma.

São muitas as formas de se purificar a água, normalmente as técnicas utilizadas para purificação em grande escala são a por osmose e por destilação, a purificação por destilação realiza a fervura da água passando-a para o estado de gasoso, que é refrigerando voltando ao estado líquido, a água após esse processo se torna 99,9% pura.

E tapas de purificação industrial.

As etapas utilizadas em uma estação de tratamento de água (ETA), segundo a Caesb²

Um tratamento padrão tem as seguintes etapas:

1. Floculação e Coagulação: Através de um coagulante as impurezas são agrupadas. Os coagulantes mais comuns são: cloreto férrico e sulfato de alumínio. Caso o pH se desequilibre neste processo pode ser necessária a ação de um alcalinizante, cal hidratada normalmente.

2. Decantação: Os flocos formados no processo de coagulação são decantados e retirados da água.

3. Filtração: A água vinda deste processo anterior é agora encaminhada a unidades filtrantes. O filtro normalmente é retangular e de areia.

4. Desinfecção: A desinfecção é realizada a maior parte das vezes por agentes químicos, o mais utilizado é o cloro.

5. Fluoretação: É feita por agentes a base de flúor, para a prevenção de cáries.

Processos para a purificação doméstica.

Os processos de purificação da água são:

[caption id="attachment_399" align="aligncenter" width="630"]Purificador de água. Aparelho usado na purificação da água Exemplo de filtro de água caseiro.[/caption]

Fossa Séptica

É um mecanismo de tratamento de esgotos designado a receber a ajuda de domicílios e dar capacidade aos esgotos de tratamento de acordo com a sua simplicidade e custo.As fossas sépticas são poços ou câmaras criadas para conter os dejetos domésticos e industriais por determinado tempo, para que haja a sedimentação dos sólidos e retenha os diverso matérias e substancias contidas no esgoto, em que se transformem em substancias e compostos mais saudáveis e não ao ser devolvida ao meio ambiente não cause doenças ou contaminação do solo, mares e rios.

O processo de uma fossa séptica acontece na seguinte sequência :

- Retenção do esgoto: permanece na fossa por um período entre 12h á 24h.

- Decantação do esgoto: Sedimenta cerca de 60 a 70% dos sólido contido no esgoto, passando a uma substancia semiquimica (lodo).

- Digestão anaeróbia do lodo: o lodo e a escuma passa por  bactérias anaeróbias, que eliminam organismos patogênicos e outras substancias, o que resultam gases, líquidos e uma diminuição dos sólidos.

- Redução de volume do lodo: após o processo anterior, os seus resultantes recebem matérias que  faz com que o efluente liquido da fossa séptica possa ser disposto de forma mais saudável.

Fontes úteis:

¹ https://www.genco.com.br/downloads/guia-completo.pdf

² https://www.caesb.df.gov.br/como-a-agua-e-tratada.html

https://www.grosfestilo.com.br/tratamento%20piscina.htm

https://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/meio-ambiente-agua/processos-de-purificacao-da-agua-4.php

https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/ciencia/2013/12/20/agua-impropria-para-banho-causa-problemas-no-estomago-e-doencas-de-pele.htm

 


 
Veja também: