Cursos no exterior, como fazer faculdade no exterior?

Dicas de moradia, bolsas de estudos e possíveis dores de cabeça para quem deseja estudar no exterior. Cursos no exterior, como fazer faculdade no exterior?

» Página Inicial

Quer saber como planejar seu curso no exterior? Sair do Brasil para estudar em Paris, Londres, Madrid e Boston, entre outras cidades, pode resultar uma dor de cabeça se o estudante não fez um bom planejamento prévio. Cursos superiores de graduação, pós-graduação e mestrados são procurados por estudantes brasileiros.

Antes de pensar em colocar um pé fora de fronteiras se necessita contar com um planejamento detalhado e realista. Isso evitará que o estudante passe por situações que frustrem sua motivação, se sentam inseguros frente a certas dificuldades que surgem no caminho, e sobre tudo gastar menos dinheiro do necessário contando com um orçamento que elimine surpresas inesperadas.

Londres capital da Inglaterra

Moradia

Parte fundamental do seu orçamento vai ser o custo de moradia. As opções podem ser várias, mas usualmente a primeira oferecida, e talvez as mais interessantes para ficar por dentro da cultura universitária do lugar sejam as residências estudantis. A questão é que uma porcentagem dos estudantes que chegam as residências terminam procurando outra opção fora do campus. Exemplos são Oxford e Cambridge, onde um apartamento pode ser mais econômico e até melhor. Já se pensarmos em Londres ou Paris, um apartamento pode ter um custo elevado e será necessário compartilhar com colegas e amigos, ou procurar um quarto em uma casa para estrangeiros.

Pesquise antes de viajar e conte com uma reserva extra substancial caso opte por alugar um quarto ou apartamento. Nesse caso também pode resultar útil contar com uma carta firmada pela universidade, demonstrando que realizará seus estudos ali durante certo período.

Documentos e desorganização

Em ocasiões se encontrará com situações contraditórias, perdas de documentos, desinformação, desorganização do pessoal das universidades, entre outras. De acordo com a pesquisa realizada isso pode ser moeda corrente em varias universidades europeias, pelo que aconselho tomar precauções.

Conte com uma ou mais copias de cada documento importante que você entrega a universidade. A perca do documento pode significar muito tempo e as vezes dinheiro. Seja perseverante e não sempre aguarde ser notificado. Você deverá estar pendente de cada situação que seja fundamental para a continuidade do seu curso.

Bolsas de estudo

Universidades dos Estados Unidos, Inglaterra, Canadá e outros países estão melhorando relações com o governo brasileiro para atrair estudantes as suas universidades. Nas feiras estudantis de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo poderão se receber propostas de universidades desses países. O governo apoia o interesse internacional com bolsas de estudo para os estudantes em diversas áreas.

Comprovação de renda

Para conseguir o visto, o estudante vai ter que comprovar sua renda, tanto para pagar o curso como para seu sustento diário. Isso pode resultar um grande obstáculo, já que usualmente significa uma suma bastante elevada para um estudante.

Para esse post se tomaram em conta os testemunhos de estudantes que compartilharam suas experiências com a BBC Brasil. Veja a nota completa aqui (https://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/10/120927_problemas_cursos_exterior_cc.shtml).


 
Veja também: