Faculdade de Engenharia Agrícola e o curso superior para agricultura

Conheça o Curso Superior de Engenharia Agrícola e a formação de engenheiro para atuar no setor agropecuário em sistemas de produção de maneira geral.

Uma opção relativamente nova para quem está saindo do Ensino Médio, o curso superior de Engenharia Agrícola tem capacitado profissionais para atuar no setor agropecuário, otimizando os sistemas de produção, para que sejam melhores, mais rápidos e mais lucrativos, com base em diversas tecnologias.

O conhecimento trabalhado no curso de Engenharia Agrícola é baseado no conceito de desenvolvimento sustentável. Assim, os alunos aprendem a criar métodos para evitar que a produção agropecuária promova a erosão do solo ou a poluição dos mananciais.

Também faz parte aprender a armazenar e transportar corretamente os produtos agropecuários e comercializá-los da forma correta.

O profissional formado por essa engenharia pode automatizar as funções do campo e atuar diretamente no segmento agroindustrial, sempre com o intuito de melhorar as produções da agricultura e pecuária como um todo.

O que estuda?

A estrutura curricular de todo curso de engenharia é bastante completa, tanto que são cursos que normalmente possuem uma duração maior do que os outros. Afinal, é necessário desenvolver o profissional que irá para o mercado de trabalho integralmente, em todas as suas competências.

Quem for para Engenharia Agrícola, irá se deparar com matérias como física, química, cálculo, botânica, mecânica para engenharia agrícola, topografia, termodinâmica, criação e exploração de animais, transporte, legislação profissional agrícola, mecânica dos solos, drenagem, hidráulica agrícola e outras.

Mercado de trabalho

É importante que o estudante que opta por essa carreira aprecie tanto as ciências exatas quanto biológicas, sinta-se atraído pelo trabalho no meio agrícola e pecuário. Além disso, o profissional deve estar em constante atualização e especialização.

Depois de formado, o engenheiro pode trabalhar na construção rural, projetando estufas e outras estruturas; gerenciar negócios agropecuários; planejar obras de saneamento rural; fazer projetos de mecanização da atividade do campo; instalar fontes de energia em propriedades rurais; entre diversas outras atividades.

É uma área que está crescendo no Brasil, já que o próprio mercado agropecuário fica cada vez mais competitivo.

Regulamentação

A Lei nº 5.194 é a responsável por regulamentar a profissão de engenheiro agrícola, determinando que os profissionais que exercem a profissão precisam ser formados e registrados no CREA.

Onde estudar?

Veja a relação abaixo com as opções, segundo o relatório CPC-2012 do MEC:

FACULDADE/UNIVERSIDADECIDADE/UFNOTA DO MEC
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCORECIFE/PE1,66
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSENITERÓI/RJ1,51




 






educacao.cc // 2011-2015 // Deus seja Louvado // Política de Privacidade