Faculdade de Engenharia de Petróleo, áreas estudas e profissão

Conheça o Curso Superior de Engenharia de Petróleo, veja quais são as áreas estudadas no curso, a regulamentação da profissão e o mercado de trabalho para o engenheiro.

» Página Inicial

O engenheiro de petróleo é o profissional responsável por um conjunto de recursos e técnicas utilizadas para descobrir jazidas e poços de petróleo, para a produção, exploração e também para a própria comercialização do mesmo.

O engenheiro de petróleo garante a sua atuação no mercado petroleiro, como é o caso de plataformas tanto petroquímicas quanto marítimas, além de refinarias.

Sobre o curso superior

Os seus principais aprendizados estão voltados para a área de engenharia, mineração, geofísica e geologia, atuando na procura de jazidas de petróleo para exploração.

Os projetos da área, por sua vez, são voltados para a produção e para a exploração do bem de forma a não possibilitar o desperdício de material e nem mesmo prejudicar o meio ambiente.

Por outro lado, os engenheiros de petróleo são também responsáveis pelo transporte desse combustível e de seus derivados, processo que deve ser monitorado pelo profissional desde a sua exploração até o momento em que ele chega à refinaria.

O setor aquecido permite também que os engenheiros de petróleo possam atuar em consultorias de caráter ambientais ou então em empresas do setor de importação e exportação por meio da pesquisa de valores das matérias primas ou então para a captação de possíveis compradores.

Áreas estudadas

Na grade acadêmica dos estudantes, os estudos são voltados para a prospecção dos ambientes em que se encontram o petróleo, como refinarias ou reservatórios, transporte e distribuição desse gás, comercialização e distribuição do mesmo, refino, criação de aparelhos e extração do combustível.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para os engenheiros de petróleo no território brasileiro é positivo principalmente por conta da Petrobras, que segue como a maior empregadora de todo o país com a exploração da região do pré-sal.

Além disso, é também possível atuar na exploração do petróleo nas jazidas que estão espalhadas tanto no mar quanto na terra, por toda a costa do país.

Exigências

Para se tornar um profissional da área é necessário concluir o ensino superior em Engenharia de Petróleo. Além disso, o registro no Crea – Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia também é necessário para que o profissional possa atuar em território brasileiro.

Regulamentação da profissão

A profissão de engenheiro de petróleo é regulamentada por meio da Lei nº 5.194, de 1966, com uma resolução de número 509 criada em setembro do ano de 2008.

Onde estudar?

Veja a relação abaixo com as opções, segundo o relatório CPC-2012 do MEC:

FACULDADE/UNIVERSIDADECIDADE/UFNOTA DO MEC
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIROCAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ4,18
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTOSÃO MATEUS/ES4,01
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRORIO DE JANEIRO/RJ3,96
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRORIO DE JANEIRO/RJ3,64
CENTRO UNIVERSITÁRIO VILA VELHAVILA VELHA/ES3,01
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSENITERÓI/RJ2,97
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIASALVADOR/BA2,68
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁCABO FRIO/RJ2,64
UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO PROFESSOR JOSÉ DE SOUZA HERDYDUQUE DE CAXIAS/RJ2,46
UNIVERSIDADE IGUAÇUITAPERUNA/RJ2,36
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁRIO DE JANEIRO/RJ2,11
UNIVERSIDADE GAMA FILHORIO DE JANEIRO/RJ1,82
CENTRO UNIVERSITÁRIO AUGUSTO MOTTARIO DE JANEIRO/RJ1,76
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁMACAÉ/RJ1,62
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁCAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ1,59
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁNITERÓI/RJ1,49
FACULDADE DO ESPÍRITO SANTOCACHOEIRO DE ITAPEMIRIM/ES1,16
CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO - ESTÁCIO UNIRADIALSÃO PAULO/SP0,44



 
Veja também: