Faculdade e Curso Superior de Engenharia Aeroespacial. Conheça

Entenda um pouco mais sobre este ramo da engenharia e veja as principais informações do Curso Superior de Engenharia Aeroespacial. Veja também onde estudar no Brasil.

» Página Inicial

Registros históricos de séculos passados já mostravam a vontade que o homem tinha de voar. Com a invenção do avião por Santos Dummont, no início do século XX, esse sonho se tornou realidade e viagens de avião passaram a se popularizar. Aviões foram usados em ataques aéreos durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial. Durante a Guerra Fria, conflito ideológico entre os Estados Unidos da América e a extinta União Soviética, a tecnologia aeronáutica e espacial se desenvolveu imensamente, graças à Corrida espacial travada entre os dois polos de poder. Os soviéticos foram os primeiros a mandar um ser vivo ao espaço, a cadela Laika e, também, os primeiros a mandar um ser humano, Iuri Gagarin. Apenas oito anos mais tarde, os norte-americanos ganharam a corrida espacial ao mandar o primeiro homem para a lua, Neil Armstrong.

Veja um vídeo com um projeto final do curso de produção de vídeo do PACC-UAB-UFABC. É apresentada uma introdução ao que é a Engenharia Aeroespacial.

No Brasil, a área aeroespacial ganhou destaque na década de 1960, com a criação da Comissão Nacional de Atividades Espaciais (Cnae). O curso superior de Engenharia Aeroespacial é novo no país. Ele começou a ser ministrado em 2007, pela Universidade Federal do ABC (UFABC), no estado de São Paulo.

O que se estuda?

Nos primeiros semestres, as disciplinas são gerais para todas as engenharias: matemática, física, química e computação. A partir do terceiro ou quarto semestre, dependendo da instituição, são ministradas disciplinas como:

Mercado de trabalho

O mercado tende a crescer cada vez mais, e é promissor para profissionais formados nessa área, especialmente porque ainda há um déficit de profissionais especializados no Brasil.

Segundo o site Explica Tudo, "o engenheiro aeroespacial é o profissional responsável por projetar, analisar, construir e testar sistemas aeroespaciais, tais como foguetes, satélites e aeronaves".

Quem se forma em engenharia aeroespacial, pode atuar como engenheiro aeronáutico, que trabalha com aeronaves, ou engenheiro astronáutico, que trabalha com espaçonaves ou com objetos relacionados ao espaço. O salário médio inicial é de R$ 3.500,00

Regulamentação da atividade

A profissão de Engenharia Aeroespacial é regulamentada pelo Decreto nº 23.569/1933. Para seu exercício, é necessário ser diplomado em engenharia.

Onde estudar?

Abaixo uma lista com algumas opções para estudar o curso de Engenharia Aeroespacial em instituições no Brasil.

FACULDADE/UNIVERSIDADECIDADE/UFNOTA DO MEC
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABCSANTO ANDRÉ/SP3,75



 
Veja também: