PIB - Produto Interno Bruto, o que é e como é calculado

Entenda neste artigo o que significa a sigla PIB e como o IBGE calcula o produto interno bruto dopais baseado em todos os setores da cadeia produtiva no Brasil.

» Página Inicial

O termo PIB é muito citado nos noticiários na TV, jornais e outros meios jornalísticos, o PIB caiu, cresceu, ficou estável e por ai vai. Alguns programas na TV debatem com diversos especialistas os efeitos positivos e negativos na economia do país sempre que ocorre uma oscilação para cima ou para baixo do PIB. Mas o que significa este termo ou esta sigla e porque ele é tão importante para a economia de um país?

O que é?

A sigla PIB significa Produto Interno Bruto e é a soma de toda a riqueza produzida em um país, estado, cidade ou em uma economia qualquer. Ele é o principal indicador de uma economia, seja ele nacional, regional ou local, como em uma cidade, por exemplo.

Como é calculado o PIB

Para entender como ele funciona, vamos partir de um exemplo simples. Imagine uma empresa que fabrica mesas e cadeiras e vende o seu produto final (mesa + as cadeiras) por R$ 800,00. Esta empresa precisou comprar diversas matérias primas como a madeira, parafusos, cola, estofados, vidro e outros que juntando tudo custou R$ 650,00. Agora pegue o valor final e subtraia pelo custo, o resultado será R$ 150,00. Este é o valor que será considerado para efeito de cálculo do PIB, ou seja, o IBGE precisa fazer este cálculo com todas as empresas e depois juntar todos os valores para chegar ao valor do PIB.

O PIB, portanto, é uma informação que só entra no final do cálculo dos bens e serviços. Outro exemplo fácil é do suco de limão: devemos calcular apenas o valor do suco, pois os limões já estão agregados ao suco.

PIB por setor

Como explicado acima o IBGE faz este cálculo considerando toda a cadeia produtiva no Brasil e para facilitar o entendimento do resultado final, As vezes são divulgados o PIB por setor, isto é: indústria, comércio, serviços, agropecuária, etc. O cálculo não é simples pois há muitas variáveis que precisam ser consideradas dada a diversidade de empresas, tipos de negócios, entre outros.

PIB do Brasil

A tabela abaixo mostra a evolução do PIB do Brasil nos últimos anos.

AnoVariação do PIB
20004,3
20011,3
20022,7
20031,1
20045,7
20053,2
20064
20076,1
20085,2
2009-0,3
20107,5
20112,7
20120,9

Note que o que está sendo mostrado são percentuais e isto significa a evolução em relação ao período anterior. Por exemplo, o PIB de 2012 foi de 0,9%, isto significa que ele cresceu apenas 0,9% em relação ao ano anterior, 2011.

Um PIB alto é sinal que a economia está aquecida, ou seja, está produzindo bem e vendendo bem, enquanto que um PIB fraco como o de 2012 pode ser um indicador de que as coisas não vão bem.

PIB per capta

O termo per capta significa por cabeça, ou seja, pegue um valor qualquer e divida por um determinado número de pessoas e você encontrará o valor per capta.

O PIB do estado de São Paulo no ano de 2010, por exemplo, foi de R$ 1.247.595.927. Se dividirmos este valor pela população estimada na época encontraremos o PIB per capta do estado de São Paulo que foi de R$ 30.243,17.

Neste mesmo período o PIB do Brasil foi de R$ 3.770.084.872 e o PIB per capta do Brasil foi de R$ 19.768,33. É a partir deste entendimento que temos noção dos estados mais ricos ou mais pobres.

O Produto Interno Bruto per capta(ou por pessoa)mede quanto do total gerado pertence a cada brasileiro se todos tivessem partes iguais.

No cálculo da conta do PIB entra bens e produtos finais(aqueles produtos vendidos ao consumidor do alfinete ao carro), serviços(feitos e gratificados da padaria ao funcionário), investimentos(as despesas  que as companhias fazem) e gastos do governo(tudo que for despendido para atender o povo).De uma maneira bem simples ele é calculado por tudo que é produzido(indústria,agropecuária e serviços)por tudo que é comprado(consumo das famílias,governos e investimentos) e a soma total dos salários,juros e aluguéis. Os cálculos devem chegar ao mesmo resultado.Para se ter um PIB alto  precisamos ter uma economia que cresce, tendo mais dinheiro disponível e o aumento de consumo. No emprego as empresas crescem realizando contratações  e com abertura de novos estabelecimentos.Existe também maior concorrência  tornando as mercadorias melhores e mais baratos.Com isso há um aumento da oferta com o preço caindo e o controle da inflação.

O que afeta o crescimento é  a infraestrutura ruim(despreparo de rodovias, portos e aeroportos), a carga tributária através de altos impostos, instabilidade política com troca de governos frequentes gerando intranquilidade econômica, largo caminho burocrático para produzir,contratar, vender e instalar novas empresas, a inflação que reduz o poder de compras, juros elevados e a baixa escolaridade  gerando falta de mão de obra qualificada.

Fonte:https://www.infoescola.com/economia/produto-interno-bruto

https://g1.globo.com/economia/pib-o-que-e/platb/

porque.uol.com.br/cards/o-que-e-pib/

 


 
Veja também: