Diferenças entre brisa, vento, furacão,ciclone e tempestade.

Entenda as diferenças existentes entre brisa e vento, furação e ciclone. Os tipos de brisa: marítima e terrestre e as informações sobre esses fenômenos da natureza.

» Página Inicial

Você sabe a diferença entre um furacão, um tufão e um ciclone? Comumente pensamos que são mesma coisa. É comum que se confundam porque todos se parecem já que todos são relacionados com o vento, mas vão diferir muito na velocidade e nos danos que causam e por isso este aprendizado é importante.

Entenda o que é cada uma:

Ventos

O ar em movimento é chamado de vento. Nós viemos a saber que há um vento, quando um vento faz as coisas se moverem. Faz uma pipa voar. Move nuvens no céu. Detalhes

O ar em movimento (vento) pode tornar as coisas como pipa, veleiro e moinho de vento.

Este é o começo de tudo. O vento, que todo mundo aprende na escola, é o ar em movimento. Este pode ser mais fraco em sua movimentação ou mais forte, mas não vai deixar de ser apenas vento. Como o ar se movimenta sempre não podemos dizer que não há vento, este pode ser mais fraco mas não vai deixar de existir.

O vento é mais importante do que se imagina para o homem. É ele que espalha as sementes e podem assim surgir novas árvores, eles limpam o ar levando o gás carbônico para longe e trazendo oxigênio puro, o que se chama de limpar o ar viciado, e ainda limpam a poluição de um espaço (infelizmente levando para outro).

Brisa

Um vento suave ou quando o vento sopra lentamente, é chamado de brisa.

Nós podemos descobrir a direção do vento. Nós podemos fazer uma experiência; Pegue um pouco de areia na sua mão. Ao soltar a areia, cai na direção do vento.

É um vento bem mais fraco que vem em direção do mar para o continente. Este fenômeno acontece nas áreas litorâneas de forma mais perceptível, já que podemos sentir  e saber em que direção o vento está indo, se para o mar ou de volta dele.

Existem dois tipos de brisa: marítima e terrestre. Quando a brisa sopra para o mar dizemos que é marítima e quando o inverno do movimento acontece dizemos que ela é terrestre.

Outros tipos de brisas

A brisa do lago é encontrada em torno de grandes lagos,essas brisas se formam no final da primavera e no verão, quando a temperatura da terra começa a subir. Outro tipo de brisa é a brisa cabática, também chamada de vento de fluxo de drenagem; essa brisa se forma quando o ar frio dos topos das montanhas afunda nos vales, deslocando o ar mais quente. Quando estas brisas explodem a encosta da montanha, são chamadas de brisas de vale; à tarde, eles descem a encosta e são chamados de brisas de montanha.

O que é tempestade?

Ventos fortes e fortes causam uma tempestade. Uma tempestade pode afastar as coisas. Tempestades podem danificar edifícios. Eles podem arrancar árvores e estragar as plantações. Eles também podem causar danos a plantas, animais e seres humanos.

Como as tempestades se formam?

Em um dia quente de verão, a superfície da Terra é aquecida pelo sol. A superfície da Terra aquece o ar logo acima da superfície através do processo de condução.

A ação do aumento do ar quente e do afundamento do ar frio (convecção) desempenha um papel fundamental na formação de fortes tempestades. Se o ar da superfície quente for forçado a subir, continuará a subir, porque é menos denso que o ar circundante. Além disso, ele transferirá o calor da superfície da terra para os níveis superiores da atmosfera através do processo de convecção.

Dois dos ingredientes mais importantes para a formação de tempestades são instabilidade (ar instável) e umidade.

Furacão

Um furacão é um dos fenômenos mais interessantes que acontecem na Terra e chama bastante a atenção. Este é uma combinação de chuva e vento que causa um  movimento intenso de rotação oceânico que possui ventos que podem chegar a 119 km/h, o que é o mesmo que 74 rpm.

Os furacões são mais comuns e intensos em regiões oceânicas tropicais. Na superfície do oceano formam-se espirais de ar voltadas para dentro do mar em sentido anti-horário. E sempre circulando como um twister.

Ciclone

Os ciclones são sistemas de baixa pressão que se desenvolvem nos trópicos no hemisfério sul e andam via mar ou terra com ventos com força de pelo menos 63 km/h em média, sempre girando no sentido horário. Os ventos do ciclone são fortes e geralmente acompanhados por uma tempestade, podendo levar uma casa consigo sem qualquer problema.

Entre eles as diferenças são notórias, se pensamos em fatores como a intensidade, região geográfica de ocorrência possível, e características do fenômeno.

Fontes:

https://www.mariodeandrade.com.br/revistaeletronica/

https://dicascuriosidadesemais.blogspot.com.br/

www.veja.com.br

www.folhape.com.br

www.jc.com.br


 
Veja também: