Origem da língua inglesa e países onde o inglês é falado

Veja a história do idioma inglês, como ele começou e os três períodos que determina as divisões da língua inglesa como o antigo, médio e moderno. Veja a lista dos países onde se fala inglês.

» Página Inicial

A história do idioma Inglês começou quando três tribos germânicas invadiram a Grã-Bretanha durante o século 5. Essas tribos, os anglos, os saxões e os jutos, atravessaram o Mar do Norte, onde hoje é a Dinamarca e norte da Alemanha. Naquele tempo, os habitantes da Grã-Bretanha falavam a língua celta. Com a invasão os celtas tiveram que fugir para o oeste e norte mais precisamente para a região onde fica hoje o País de Gales, Escócia e Irlanda.

A língua inglesa se divide em três fases: O Inglês Antigo, o Médio e o Moderno.

Inglês Antigo (450-1100 dC)

As tribos germânicas falavam línguas semelhantes e na Grã-Bretanha desenvolveu o que chamamos de Inglês Antigo. Esse não se parece muito com o inglês falado hoje, mas mais da metade das palavras usadas diariamente vieram do inglês antigo. Os ingleses, americanos e outros nativos da língua inglesa teriam grande dificuldade em entender o inglês antigo. No entanto, cerca de metade das palavras mais usadas e no inglês moderno tem raízes no antigo. As palavras “be”, “strong” e “water”, por exemplo, originam dele.

Inglês Médio (1100-1500)

Por volta do ano 106, William o Conquistador, duque da Normandia (parte da França moderna), invadiu e conquistou a Inglaterra. Os novos conquistadores (chamados normandos) trouxeram com eles a língua mãe do francês, tornando-se a língua oficial da Corte Real, das classes dominantes e de negócios. Por um período, houve uma espécie de divisão das classes lingüísticas. E ficou assim: as classes mais baixas falavam o inglês e as classes superiores falavam francês. No século 14 o inglês tornou-se dominante na Grã-Bretanha novamente, mas com muitas palavras francesas acrescentadas.  Essa linguagem ficou denominada Inglês Médio. Era a língua do grande poeta Chaucer (c1340-1400), mas ainda assim não seria uma língua de fácil entendimento hoje.

Inglês Moderno (1500-1800)

O final do Inglês Médio ocorreu com uma súbita e significativa alteração na pronúncia (a Grande Mudança Vocálica), mais especificamente com vogais sendo pronunciadas com som mais curto. A partir do século 16, o britânico teve contato com muitos povos de todo o mundo.

Um exemplo famoso do Inglês Moderno é Hamlet famoso pelo "Ser ou não ser" escrito por de Shakespeare.

O Renascimento fez com que muitas novas palavras e frases entrassem na língua. A invenção da imprensa também teve grande significado, pois agora havia mais uma linguagem comum na impressão. Os livros se tornaram mais baratos e mais pessoas aprenderam a ler. A impressão também trouxe padronização para o Inglês. A ortografia e gramática tornaram-se fixas, e o dialeto de Londres, onde a maioria das casas editoriais ficava, tornou-se o padrão. Em 1604 o primeiro dicionário inglês foi publicado.

Hoje, o inglês americano é particularmente mais influente, devido a dominância dos EUA no cinema, televisão, música popular, comércio e tecnologia (incluindo a Internet). Mas há muitas outras variedades de Inglês em todo o mundo, incluindo, por exemplo, Inglês australiano, Inglês da Nova Zelândia, Inglês canadense, Inglês Sul Africano e Indiano.

Lista de países com o inglês como língua nativa:

Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Austrália, Nigéria, Irlanda, África do Sul e Nova Zelândia. Jamaica, Filipinas e Nigéria possuem milhões de pessoas que falam dialetos de base inglesa, como também falam o inglês moderno. A Índia tem o inglês como segunda língua e segundo dados recentes, possui mais pessoas que falam ou entendem inglês do que qualquer outra nação.

Devido a influencia americana, o uso nos negócios e transações comerciais, intercâmbios estudantis, possuir uma gramática e pronúncia não muito difíceis, aprender  inglês tornou-se praticamente obrigatório na grande maioria dos países sendo possível encontrar falantes da língua em todos os continentes.

Se você for às montanhas da Sibéria ou ao Pólo Sul e encontrar um ser humano qualquer, é bem provável que falando um pouco de inglês, um ou o outro acabará se entendendo. Então, se você ainda não sabe nem o verbo TO BE, é bom começar a aprender para ser compreendido em qualquer parte do mundo.

O Inglês Indiano começou a se expandir por causa da colonização britânica  desde o início do século 19 até o ano de 1947, com a língua,gramática e escrita própria. Usa-se o inglês tradicional porém modificado por algumas preposições( on, at,etc . . . ).

Já o Inglês da África do sul ocorreu manifestações das línguas zulu e africâner; alguns exemplos a citar: trek(caminhar), babbelas(ressaca) e china( amigão, camarada, brother).

O Inglês na Nova zelândia é utilizado desde o tempo do capitão James Cook em 1769. Ele é semelhante ao inglês falado na Austrália.

Na Austrália, surgiu as diferenças do inglês britânico justamente por causa dos aborígenes, dos índios que já estavam no território, antes da chegada da colonização, diga-se de passagem, do capitão da Real Marinha Britância James Cook.

O Inglês no Canadá sofreu influências  e adaptações das línguas indígenas e também da francesa. Utiliza-se, portanto, várias palavras britânicas também.

No Reino Unido é usado o inglês formal e assim ganhou fama de ser o mais bonito,mais puro, mais limpo,mais perfeito e sem gírias comparando com o inglês americano.

Para finalizar, então o inglês norte americano é mais "desleixado", cheio de gírias  e bem solto quanto as normas técnicas. Nas músicas, seriados e canções, a língua se iguala aos padrões de cada região. Enfim é usado o inglês padrão usado pedagogicamente.

Em suma, a língua Inglesa possui origem através de três povos europeus: Anglo-saxões, Nórdicos e os Românicos.O vocábulo, lógicamente, teve grandes diferenças através dos tempos. Devemos então observar que o Inglês não foi sempre o mesmo desde o início. Muitas influências ele possui também do alemão pois pertence a mesma árvore genealógica das línguas. Esta língua teve também influência dos dinamarqueses e dos escandinavos que também foram chamados de Vikings.

FONTES:

https://www.inglesnapontadalingua.com.br/2011/05/o-ingles-americano-tambem-tem-forma.html

https://www.inglesnapontadalingua.com.br/2015/08/o-que-e-ingles-britanico.html

https://www.solinguainglesa.com.br/conteudo/ingmundo4.php

https://www.inglesnapontadalingua.com.br/2012/05/ingles-australiano-caracteristicas-e.html

https://www.solinguainglesa.com.br/conteudo/ingmundo3.php

https://www.inglesnapontadalingua.com.br/2010/06/ingles-no-mundo-africa-do-sul.html

https://www.inglesnapontadalingua.com.br/2009/05/ingles-no-mundo-india.html

www.historiadomundo.com.br/curiosidades/ingles-inglaterra.htm

 


 
Veja também: