Classes gramáticas e a classificação das palavras em português

Conheça as classes gramaticais como o substantivo, adjetivo, artigo, pronome, verbos e outras classes. Entenda como é feita a classificação das palavras em português.

A morfologia é a parte da gramática da língua portuguesa que estuda a classificação das palavras, ou seja, estuda a palavra isoladamente sem nenhuma relação com outra dentro de um contexto, oração ou frase. Nos primórdios da gramática havia apenas oito palavras. Atualmente este número aumentou para dez classes gramaticais, sendo seis variáveis, as que são flexionadas quanto ao número, gênero, grau, pessoa, tempo e outros, e quatro invariáveis. Como nossa língua está viva, nada impede que este número aumente ou que as classificações sejam modificadas. Mas isto, somente o tempo dirá. Por ora, estas são atualmente as classes gramaticais da língua portuguesa e seus exemplos:

Substantivo

Substantivo é a palavra que nomeia seres, sentimentos, estados de espírito, conceitos. Ex: Cachorro (nome que se dá a um ser vivo). Amor (nome que se dá a um sentimento). Tristeza (nome que se dá a um estado de espírito). Democracia (nome que se dá a certo conceito político). Podem variar em gênero (masculino e feminino): Homem, mulher. Em número (homem, homens). E em grau diminutivo, aumentativo: Homenzinho, casarão.

Artigo

Artigo é a palavra que determina (artigo definido) ou não (artigos indefinidos) os substantivos. Vem sempre na frente destes. Os artigos são variáveis.

Exemplos: o, os, a, as, um, uns, umas, um, uma.

O menino caiu no rio. – esta frase empregada num texto ou num diálogo dá a entender que já se sabe quem é o menino que caiu.

Um menino caiu no rio – já esta frase empregada num texto ou dialogo não define quem é este menino que caiu, apenas sabe-se que um menino qualquer caiu no rio.

Adjetivo

Adjetivo é a palavra que indica qualidade, característica aos substantivos. Os adjetivos são variáveis.

Exemplo. O menino magro caiu no rio.  O adjetivo magro indica como era o menino que caiu no rio. Poderia ser outro adjetivo: feio, preguiçoso, orgulhoso…

Pronome

Pronome é a palavra que substitui ou acompanha um substantivo e pode determinar a pessoa no discurso. São variáveis.

Ex: Eu, tu ele, nós, vós, eles. Aqueles, meu, seu, minha, entre outros.

Eu gosto muito de você.

Aquele caiu no rio. (o pronome aquele substituiu o substantivo menino, do exemplo anterior).

Verbo

Verbo é a palavra que determina uma ação ou estado nas frases e orações.

Exemplo: ser, cantar, varrer, sorrir. São palavras variáveis.

Eu canto muito bem. (ação de cantar)

Você está triste hoje? (indica a condição, o estado em que a pessoa se encontra hoje: triste).

Advérbio

Advérbio é a palavra com a capacidade de mudar um verbo, um adjetivo ou até mesmo outro advérbio. Os advérbios são invariáveis;

Ex: não, muito, velozmente, rapidamente, sempre.

Ele não está muito bem. (O advérbio não modificou o verbo estar)

O menino caiu no rio rapidamente. (A palavra rapidamente determinou de que maneira o menino caiu no rio, ou seja, o menino caiu rapidamente, poderia ser morosamente, por exemplo.)

Numeral

Numeral é a palavra que determina quantidades, múltiplos, frações, ordem. Ex: primeiro, um, dois, três, um quarto, três quartos, dobro. São palavras variáveis.

É a primeira vez que falo com ele. Ele foi o primeiro a saber.

Um quarto da Terra está contaminado.

Preposição

Preposição é a palavra que liga uma à outra, constituindo relações entre elas. São palavras invariáveis.

Exemplos: de, para, por, em.

Este relatório é de muito prestígio (está ligando é e muito).

Estas rosas são para você. (está ligando são e você)

Conjunção

Conjunção é a palavra que liga orações constituindo relações de dependência (subordinação) ou não (coordenação). São palavras invariáveis.

Ex: embora, contudo, porém, mas, e, nem.

Embora o sol tenha aparecido, ainda está frio.

Isto é para você comer, porém não coma tudo.

Interjeição

Alguns estudiosos afirmam que a interjeição não seria uma classe gramatical. Mas a maioria discorda porque as estas podem destacar as emoções e melhorar as expressões emocionais. São invariáveis. Ex:

– Bis, bis – aclama a multidão emocionada. (A interjeição bis indica que as pessoas querem ouvir novamente o artista)

– Oh, não faça mais isto menina. (a interjeição oh indica a desaprovação de uma mãe)



 


Leia também:


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /var/www/vhosts/educacao.cc/httpdocs/wp-content/themes/educacao/single.php on line 65

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /var/www/vhosts/educacao.cc/httpdocs/wp-content/themes/educacao/single.php on line 65

    Warning: mysql_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /var/www/vhosts/educacao.cc/httpdocs/wp-content/themes/educacao/single.php on line 69

Deixe uma resposta





educacao1.com.br // 2011-2015 // Deus seja Louvado // Política de Privacidade