Verbo: Classificação, flexão e formas nominais

O que é verbo na língua portuguesa, como são classificados e as diversas formas de flexão como número, pessoa, modo, tempo e voz. Veja os exemplos de verbo em português.

Observe o trecho do poema de Gonçalves Dias:

“Minha terra tem palmeiras
Onde canta o sabiá
As aves que aqui gorjeiam
Não gorjeiam como lá.

As palavras grifadas “tem, cantar, gorjeiam” expressam ações, situando-as no tempo, são verbos. Os verbos podem indicar:

  • A – Estado (modo de ser ou estar) Exemplo: Não estou triste, estou quieta.
  • B – Mudança de estado: Exemplo: O menino virou homem.
  • C – Fenômeno: Exemplo: Choveu fortemente ontem, mas hoje chuvisca.

Verbo é uma palavra variável que expressa ação, estado (e suas mudanças) fenômenos situados no tempo.

Flexões

Na língua portuguesa, o verbo é a palavra que contem o maior número de flexões: número, pessoa, modo, tempo e voz.

Número

Pode ser singular e plural.

  • A menina cantou na igreja.
  • As meninas cantaram na igreja.

Pessoa

O verbo pode ser flexionado em três tipos de pessoas gramaticais:

1ª pessoa: o ser que fala.
do singular: relacionado ao pronome pessoal “eu”. Ex. Eu canto.
1ª pessoa do plural: relacionado ao pronome pessoal (nó). Ex. Nós cantamos.

2ª pessoa: O ser que “ouve”.
do singular: relacionado ao pronome pessoal “tu”. Ex: Tu falas.
do plural: relacionado ao pronome pessoal “vós”. Ex: Vós falais.

3ª pessoa: o ser de quem se “fala”.
do singular: relacionado aos pronomes pessoais: ele, ela. Ex: ele, ela ama.
do plural: relacionado aos pronomes pessoais: eles, elas. Ex: eles, elas amam.

Modo

Há três modos e indicam os atos do falante em relação ao fato comunicado:

  • A – INDICATIVO. Há certeza ante aos fatos. Ex: O carro corre na estrada.
  • B – SUBJUNTIVO. Há dúvidas ante aos fatos: Ex: Talvez o carro corra na estrada
  • C – IMPERATIVO. O fato é anunciado como uma ordem, um pedido, ou um conselho.

Ex: Varra a casa e lave a roupa.

Tempo

O verbo tem a propriedade de localizar o fato no tempo com relação ao momento falado. São estes:

  • A – PRESENTE. Ação situada no momento em que se fala
  • B – PRETÉRITO. A ação ocorreu num tempo passado, anterior ao momento em que se fala.
  • C – FUTURO. A ação ocorre depois do momento falado.

Exemplos:

INDICATIVO:

  • Presente: canto.
  • Pretérito imperfeito: cantava
  • Pretérito perfeito: cantei
  • Pretérito mais que perfeito: cantara
  • Futuro do presente: cantarei
  • Futuro do pretérito: cantaria

SUBJUNTIVO

  • Presente: cante (que eu cante)
  • Pretérito Imperfeito: cantasse (seu cantasse)
  • Futuro: cantar (quando eu cantar)

FORMA NOMINAL

São as formas verbais que não expressam exatamente o tempo em que ocorre o fato. São estas:

  • Infinitivo Impessoal: cantar
  • Infinitivo pessoal: cantar (cantar eu, cantares tu…)
  • Gerúndio: cantando
  • Particípio: cantado

Voz

O sujeito do “verbo” pode ser:

A – Voz Ativa. Ser o agente da ação.
Exemplo: O operário derrubou as paredes da igreja.

B – Voz Passiva. Sofre a ação do verbo.
Exemplo: As paredes da igreja foram derrubadas pelo operário.

C – Voz Reflexiva. O sujeito é agente e paciente ao mesmo tempo, pratica e recebe a ação.
Exemplo: A menina machucou-se.



 


Leia também:


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /var/www/vhosts/educacao.cc/httpdocs/wp-content/themes/educacao/single.php on line 65

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /var/www/vhosts/educacao.cc/httpdocs/wp-content/themes/educacao/single.php on line 65

    Warning: mysql_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /var/www/vhosts/educacao.cc/httpdocs/wp-content/themes/educacao/single.php on line 69

Deixe uma resposta





educacao1.com.br // 2011-2015 // Deus seja Louvado // Política de Privacidade