Cinto de Segurança, direção defensiva e dicas de segurança no trânsito

Você sabia que em caso de colisão, quando seu corpo é lançado para frente o peso dele é multiplicado várias vezes? Eis um motivo para o uso do cinto de segurança.

» Página Inicial

As estradas e rodovias existentes no Brasil são usadas para o transporte de passageiros e cargas, sem contar ainda a vantagem de poder conhecer e visitar os inúmeros lugares. No entanto, a questão da segurança no trânsito vem preocupando muito a população em geral que necessitam percorrer as vias brasileiras diariamente e estão dentro de seu cotidiano o risco de sofrer um acidente de trânsito a qualquer momento, seja pela irresponsabilidade própria ou pela dos demais condutores.

Evitar o aumento de acidentes que ocorrem diariamente é possível e temos consciência disto, só que o grande problema é que só começamos a dar importância a nossa e na segurança dos demais após de ocorrer um acidente de trânsito, por isso que dirigir com atenção e consciência é uma das atitudes seguras a ser tomadas a fim de evitar ser responsabilizado por um acidente de trânsito.

Existem casos em que muitos condutores e passageiros sofrem acidentes causados por outros condutores que tratam as rodovias e pistas como pistas de corridas e não como fator indispensável e que deve se manter seguro para todos os cidadãos que o frequentar.

Cinto de Segurança

Dentre os fatores de segurança que devem ser adotados pelos condutores e de seus passageiros é quanto ao uso do cinto de segurança que realiza de forma eficiente a proteção aos cidadãos no momento de uma colisão, principalmente se ambos os veículos se encontrem em alta velocidade, pois é o cinto de segurança que impedirá que o corpo seja deslocado de forma brusca entre o espaço do carro e ainda impeça que ocorra o arremessamento para fora do carro.Técnicas defensivas de direção não se restringem a habilidades e táticas de direção técnica. Uma das técnicas de direção defensiva mais simples e eficazes para se proteger como motorista ou passageiro é SEMPRE usar um cinto de segurança. Está provado que os cintos de segurança salvam vidas, e os motoristas devem aprender tudo o que puderem sobre os fatos de segurança do cinto de segurança.

Desenvolvido desde a segunda guerra mundial o cinto de segurança só passou a ser utilizado no Brasil no ano de 1998 de forma obrigatória que foi determinado pelo Código de Trânsito Brasileiro – CTB, aqui no Brasil são dois os tipos de cintos de segurança mais comuns e utilizados, sendo eles:

Para que se tenha maior noção da importância em se usar o cinto de segurança, não apenas os que estiverem na parte da frente do veículo como também os demais que dentro dele se encontrar, saiba que o impacto sofrido pelo veículo em uma colisão altera totalmente o peso das pessoas que encontram-se em seu interior, bem como das coisas que estiverem dentro dele, por exemplo, a pessoa tem seu peso total multiplicado 35 vezes e, é por isso que pessoa alguma é capaz de se segurar durante um impacto sendo o cinto de segurança responsável por esta função, no caso de haver objetos, bolsas e outras coisas soltas no interior do veículo também terão seu peso multiplicado 35 vezes, o que os tornam muito nocivos podendo atingir os que estiverem dentro do veículo, aumentando os danos sofridos pela vitima.

Siga estas importantes dicas de segurança do cinto de segurança - elas podem salvar sua vida:

Então segue a dica, nunca deixe de utilizar o cinto de segurança e nem autorize que os passageiros deixem de utilizá-lo e, sempre que possível mantenha os objetos no porta mala ou em áreas que se mantenham firmes em caso de uma colisão. Segurança no trânsito é segurança de vida.


 
Veja também: