O Trânsito no Brasil e os Acidentes nas Estradas.

O Brasil tem índices altos de acidentes nas estradas e nas cidades, fruto de impunidade, falta de fiscalização e educação para o trânsito.

» Página Inicial

Trânsito no Brasil, como é?

O Brasil é um país grande, de dimensões continentais.  As opções de locomoção disponíveis são: transporte aquático por meio de barcos, aéreo através de aviões e terrestre com metrôs e veículos. No entanto, em nosso país o deslocamento é majoritariamente feito por intermédio de veículos automotores.

Fazendo jus a tamanha demanda e complexidade presente no território brasileiro, existe um código em forma de lei para regular o trânsito no Brasil, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) intuído por meio da Lei Federal nº 9.503 de 23 de setembro de 1997.

Maio amarelo

Segundo o próprio site (https://maioamarelo.com/): "É um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito. O trânsito deve ser seguro para todos em qualquer situação." Tem como objetivo: Colocar em pauta, para a sociedade, o tema trânsito. Estimular a participação da população, empresas, governos e entidades. O site ainda nos traz informações como, "Por quê maio? Em 11 de maio de 2011, a ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Com isso, o mês de maio se tornou referência mundial para balanço das ações que o mundo inteiro realiza." e por fim traz a pergunta, "Por que amarelo? O amarelo simboliza atenção e também a sinalização e advertência no trânsito."

Acidentes nas estradas.

São muitos os casos de acidentes e crimes que diariamente acontecem nas estradas em todo o país. Segundo uma pesquisa da Seguradora Líder, responsável pela administração do consórcio de seguradoras que operam no Seguro Obrigatório de Veículos Automotores (DPVAT), nos primeiros seis meses do ano de 2011 foram pagas 165.111 indenizações, o equivalente a 1.321 ao dia (útil), em valores, os desembolsos alcançaram R$ 1,1 bilhão. Alguns dos fatores que interferiram no aumento de acidentes foram: a falta de fiscalização e as más condições das estradas. Contudo, é certo que acidentes podem ser evitados se houver rígida fiscalização e estradas com condições aptas ao tráfego.

O Trânsito no Brasil e os Acidentes nas Estradas

Mas não são apenas estradas ruins e fiscalização insuficiente que explicam os acidentes e mortes que vem acontecendo com tanta freqüência. Parte razoável da obrigação é das pessoas que trafegam diariamente nas rodovias, estradas e ruas. Pois todo cidadão que utiliza carros, motocicletas, ônibus ou qualquer outra condução motora, possui parcela razoável de responsabilidade pelo bom andamento do trânsito brasileiro.

O trânsito brasileiro é regulamentado pela Lei 9.503/97 – Código de Trânsito Brasileiro – CTB, como foi já dito, entretanto é interessante acrescentar que além desta regulamentação central ainda existem as Resoluções complementares. Também os Estados complementam a legislação existente por meio de Portarias e Decretos próprios. Além disso os municípios do mesmo modo possuem autonomia para ajustar detalhes do trânsito, adequando as regras à cidade, conforme a necessidade.

Embora exista uma infinidade de leis, normas, portarias e decretos, multas e punições aos que infringem o Código de Trânsito Brasileiro, infelizmente ele não é respeitado nem cumprido com o decoro e cuidado necessário. Contudo apontar culpados bastante confortável, mais do que isso é preciso incorporar no dia a dia atitudes simples que podem salvar vidas, como:

O Brasil tem índices altos de acidentes nas estradas e nas cidades, fruto de impunidade, falta de fiscalização e educação para o trânsito.

Lei segundo o dicionário¹, significa: "regra, prescrição escrita que emana da autoridade soberana de uma dada sociedade e impõe a todos os indivíduos a obrigação de submeter-se a ela sob pena de sanções." Também "regra escrita de alcance geral, emanada pelo poder legislativo do Estado e promulgada pelo presidente da República."

Logo, todo cidadão tem o dever de cumpri-las, e a consciência de que esta sujeito a multas e penalidades sempre que violá-las.

Dados do trânsito brasileiro de anos anteriores

Na tabela abaixo nota-se que dentre os anos citados há uma média dos acidentes de trânsito, 30%  são atropelamentos de pedestres por veículos. Os acidentes envolvendo motos sofrera aumentando nos anos citados, passando de 9% do total de acidentes em 2000 para 22% dos acidentes em 2007, dado que reflete ao grande aumento da frota de motos nas ruas do país nestes anos, fato este que somado à irresponsabilidade dos motoristas no trânsito e às leis que vigoram no Brasil, acarretou aumento de óbitos neste tempo relatado.

Acidentes de trânsito nas estradas brasileiras

Disponível: https://portal.cnm.org.br/sites/9000/9070/Estudos/Transito/EstudoTransito-versaoconcurso.pdf

Dados mostram uma queda de 6% nos acidentes em 2017

Os óbitos em 2016 por acidentes de trânsito foram 37.345, e 2017 foram 35.374. Uma boa notícia pra 2017, foram 1971 mortes a menos se comparado a 2016. No entanto ainda há muito caminho a se percorrer para buscar um trânsito seguro no país, imprudências ainda são comuns e excessos em datas festivas e feriados prolongados sempre causam muitas baixas.

Uma pequena mudança faz a diferença e reflete em outras que mudará toda a população. O que você acha que poderia ser feito para melhorar o transito no Brasil? E o que cada um pode fazer para que isso funcione?

Fontes úteis:

¹ https://www.google.com/search?q=significado+de+lei&oq=significado+de+lei&aqs=chrome..69i57j0l5.4899j1j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8

https://portaldotransito.com.br/noticias/moto/dados-mostram-queda-no-numero-de-mortos-no-transito-brasileiro-mas-ainda-longe-da-meta/

https://www2.uol.com.br/antoniocicero/transito.html

https://www.portaldotransito.com.br/campanha/

https://dapp.fgv.br/maio-amarelo-contextualizando-estatisticas-de-acidentes-de-transito-no-brasil/


 
Veja também: